quarta-feira, junho 14, 2006

"Sem a loucura que é o homem, Mais que a besta sadia, Cadaver adiado que procria?"



"Pelo sonho é que vamos"

"Em qualquer aventura
O que importa é partir, não é chegar."

Chamem-me louca.
Tenho n defeitos mais um, não é novidade.
Penso, Quero, Falo.
Posso ter receio mas tenho muito mais coragem.
Venham 50 anos de desilusões... Só desejo acordar todos os dias e... continuar tão louca como sou hoje.

3 comentários:

G. disse...

Nao te preocupes...tu es louca! e a loucura nao se perde, so se ganha.

bjos

Diogo Leão disse...

Se da Loucura pode emergir Lucidez... Tudo bem. Mas se no entanto, expande demasiado os sentidos... e liberta-os de tamanha maneira que crie asfixia à realidade... Pode não ser assim tão bom.

Sempre ouvi dizer... "que é no meio que está a Virtude".

Beijinhos,

Diogo

Manel disse...

Sem qualquer duvida,o Homem é criador.Animal que procria,também,mas esse é apenas o lado humano.A criação fika para o lado do pensamento profundo.Loucura?só para quem ainda nao percebeu.
Adoro a pintura!!!!!!!