quinta-feira, setembro 04, 2008

Mais fotografias! =)
Só ontem é que me mudei, finalmente!, para o meu apartamento onde vou ficar a viver sozinha... Vou agora aventurar-me no supermercado e tenho de limpar algumas coisas. A verdade é que nunca tenho muito tempo. Acordo às 6h30, estou no laboratório (Este!) das 8h às 17h, demoro 45 min a chegar a casa e até hoje ou não tive vontade (porque não estava muito confortável) ou tempo de sair depois disso... Os fins-de-semana vão ser todos preenchidos com passeios como é obvio (este vou a Kalmar a cerca de 300km com a família do Rasmus) e quero ver se para a semana me encontro com o grupo de Erasmus que anda por cá para sair com eles algumas vezes...
No laboratório toda a gente é um espectáculo. A média de idades é muito mais baixa do que esperava. A própria Professora que me recebeu, chefe do grupo, não deve ter mais de 35 anos e é esta mulher que fala inglês com sotaque polaco, de cabelo vermelho, super sofisticada, despachada, acolhedora e pragmática... Tenho trabalhado mais com a Myriam, uma alemã que está cá à ano e meio e que deve ter perto de 30 anos, e o Jonatan, sueco com cerca de 25 anos. E tem sido um abuso! São dias super intensos e super cansativos... O tempo todo a falar inglês! O laboratório está equipadíssimo e é super profissional... Depois existe uma outra estudante de intercâmbio, espanhola, a Leticia que até já me convidou para um jantar com pessoal do laboratório em casa dela esta 6a - a que eu tenho muita pena de não ir porque vou para Kalmar - mas com quem combinei visitar uma ilha aqui próxima no próximo fim de semana.

Enfim... Pode parecer que está tudo espectacularmente bem - e tecnicamente está - mas ainda não estou completamente bem por cá... Talvez por ter acumulado muita pressão durante os primeiros dias por não ter casa e ter de fazer cerimónia com as pessoas com quem estava - ou talvez tivesse de acontecer de qualquer forma - mas a verdade é que não me tenho sentido tão bem como esperava, há momentos em que me apetece muito estar simplesmente em casa em Lisboa. Não sei se posso dizer que são saudades. É um desconforto, um sentir-me sózinha no meio de imensa gente, um ter vontade de falar Português com alguém.

Enfim, deve ser só uma adaptação que tem de acontecer! Mas sabe muito bem receber mensagens de todos vós e às vezes pode fazer a diferença num momento mais tristinho!...






2 comentários:

Fran disse...

já dá para ver que o tempo aí não é o melhor ;p beijinho claúdia, diverte-te!!

Cate disse...

Enjoy :)